"A política é um lugar para servir as pessoas e construir futuros diferentes", afirma Lincoln Tejota

Vice-governador diz que descentralização das ações governamentais sempre foi meta para a atual gestão

Um governo descentralizado, que alcança todas as regiões do estado, principalmente aquelas que mais necessitam. Para o vice-governador Lincoln Tejota, essa sempre foi uma meta da atual gestão do Governo de Goiás. "Eu sei, assim como a população do Nordeste goiano, o que é precisar de um serviço público e não encontrar. E o que mais me realizou como vice-governador foi a oportunidade de, de fato, poder mudar a vida das pessoas", afirmou. 

Ao lado do governador Ronaldo Caiado e da primeira-dama, Gracinha Caiado, o vice-governador participou nesta sexta-feira, 28, da inauguração do Laboratório Include, em Cavalcante, onde vivem cerca de 880 famílias da comunidade quilombola Kalunga. No local, alunos de 12 a 20 anos, em situação de vulnerabilidade social, terão a oportunidade de acesso gratuito a cursos de robótica, programação e eletrônica. 

"Desde o início da nossa gestão, estabelecemos, juntos aos nossos secretários, que tudo o que houver de melhor e de prioridade no nosso governo irá para o povo que mais está precisando. A política é um lugar para servir as pessoas, um lugar de construir futuros diferentes", discursou. Por meio do Goiás Social e em parceria com o Instituto Campus Party (ICP), o Governo de Goiás já entregou seis unidades do projeto Include - dois em Goiânia, dois no Entorno do Distrito Federal, um em Alto Paraíso e um em Cavalcante. Com metodologia de ensino de robótica, programação, eletrônica, sensores e mecânica, o Projeto Include em escolas públicas estaduais deve atender 1,8 mil estudantes de comunidades carentes locais até 2023. Segundo o presidente do Instituto Campus Party, Francesco Farruggia, Goiás será o estado brasileiro com mais laboratórios Include. 

 

Regularização Fundiária

Durante a ida a Cavalcante, o governador Ronaldo Caiado e o vice-governador Lincoln Tejota assinaram ordem para instalação do novo escritório de Regularização Fundiária do município, além de títulos com essa finalidade para beneficiados. A transferência da propriedade aos atuais ocupantes, composta em sua maioria por pequenos e médios agricultores, garante o título definitivo de domínio.

Realizada por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a regularização tem por finalidade a legalização das terras devolutas do Estado de Goiás, arrecadadas por meio de ações discriminatórias judiciais e/ou administrativas. Com isso, os até então ocupantes tornam-se proprietários de direito, permitindo o acesso às políticas públicas implementadas pelo estado de Goiás e demais entes da federação, como o crédito rural. "Vamos continuar presentes no nordeste goiano, trazendo benefícios. Fomos eleitos para isso e não vamos decepcionar a confiança depositada por vocês", finalizou Lincoln Tejota.

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.