Governo de Goiás apresenta potencial goiano a Taiwan

Vice-governador Lincoln Tejota liderou reunião com representantes de Taipei no Brasil

Membros da equipe do Governo de Goiás receberam nesta quarta-feira (30) a comitiva de representantes de Taipei, capital de Taiwan, para apresentar o potencial econômico e turístico do Estado, a fim de estreitar as relações comerciais. A reunião foi liderada pelo vice-governador Lincoln Tejota, que é o responsável pela representação internacional de Goiás. Além dele, participaram da reunião o secretário de Indústria, Comércio e Serviços (SIC),  Adonídio Neto e o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral.

Os representantes do Escritório Econômico e Cultural de Taipei no Brasil, Tsung-Che Chang, Chang Chen, Simon Cheng e Eduardo Lin puderam conferir numa apresentação, oportunidades de negócios, serviços e infraestrutura oferecida em território goiano. Taiwan é o principal parceiro comercial na aquisição de milho de Goiás e, historicamente, o saldo da balança comercial, que é a diferença entre exportações e importações, é positivo para o Estado.

Lincoln Tejota ressaltou que a expansão da atividade comercial, sobretudo para o comércio exterior, é uma determinação do governador Ronaldo Caiado, com foco para a retomada da economia. “Passamos por um momento difícil, assim como o restante do mundo. Mas Goiás tem sido um expoente no Brasil, se destacando na economia e também no atendimento de saúde. Em nome do governador e de mais de 7 milhões de goianos quero agradecer a presença e o interesse de vocês por nosso estado. Sei que essa parceria ainda renderá muito mais frutos. Goiás está de portas abertas para vocês”, declarou o vice-governador.

Tsung-Che Chang agradeceu a recepção calorosa. “Goiás é o coração do Brasil e costumamos dizer que Taiwan é o coração da Ásia. Creio que esse é um sinal para avançarmos na nossa cooperação. Seremos dois corações caminhando juntos. Se os empresários não conhecem o local, não realizam investimentos. Nossa tarefa é facilitar esse caminho e apresentar os bons destinos”, declarou o diretor. 

Potencial

O superintendente de Produção Rural Sustentável, Donalvam Maia, apresentou a publicação mensal Agro em Dados, com informações relativas à produção agropecuária goiana e destacou que a produção sustentável é um dos pilares para o Governo de Goiás. Ele apresentou ainda destaques da produção goiana. O estado é o 4º maior produtor de leite do país, o 2º maior produtor de etanol e carne bovina e o maior produtor de tomate e sorgo. 

Já o superintendente de Negócios Internacionais da Secretaria de Desenvolvimento e Inovação, Edival Lourenço Júnior, apontou os avanços na área de tecnologia que Goiás vem alcançando, como sediar pela primeira vez a Campus Party e implantar o Centro de Excelência em Inteligência Artificial. Além disso, o 1º curso superior em Inteligência Artificial do país é goiano, atraindo estudantes de todo o Brasil. 

O secretário Adonídio Neto destacou os investimentos em logística que vêm sendo feitos, como a expansão da malha ferroviária, a revitalização de rodovias e a internacionalização do aeroporto, facilitando a logística para as empresas. Segundo ele, as melhorias em segurança, saúde e educação também são decisivas para atrair novos investidores. Adonídio informou ainda que Goiás é o 2º maior produtor de fármacos do país e que a maior planta de biocombustíveis da América Latina está sediada em Goiás, demonstrando a confiança do empresariado no território goiano.

O turismo também foi destaque na reunião. O presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, salientou as diversas formas de turismo presentes no estado, como religioso, ecológico, cultural, gastronômico, de moda e negócios. “Temos o maior complexo de cavernas da América Latina, com mais de 700 cavernas, além de um excelente parque hoteleiro e o maior número de cachoeiras acessíveis do país. Temos ótimas oportunidades de investimento e também uma grande estrutura para recebê-los”, afirmou.

Doações

O Centro de Estudos Internacionais, por meio do Grupo de Estudos da Ásia (GEASIA) e da Federação Nacional dos Estudantes de Relações Internacionais (FENERI), conseguiu junto ao Escritório Econômico e Cultural de Taipei no Brasil 70 mil equipamentos de proteção individual para a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG). “Agradecemos  muito essa doação. A dificuldade de adquirir equipamentos atingiu a todos durante a pandemia. Com esse gesto, vocês nos ajudam a proteger os goianos e salvar vidas”, concluiu o vice-governador. A diretora da OVG, Jeane Abdala, entregou um presente em nome da presidente de honra, Gracinha Caiado, em agradecimento à doação.