“Tenho orgulho em fazer parte de um governo que sabe que o Estado é quem deve servir seu povo e não o contrário”, afirma vice-governador

Durante assinatura de decreto que isenta ICMS em contas de energia, Lincoln Tejota elogiou a atuação do Governo de Goiás no enfrentamento à Covid-19

O governador Ronaldo Caiado assinou, nesta sexta-feira (19), o decreto que regulamenta a isenção de ICMS em contas de energia para consumidores de baixa renda. Estão nessa categoria aqueles com consumo mensal de até 220 kWh e que estão cadastrados como situação de vulnerabilidade.

A medida vai beneficiar 246 mil consumidores goianos e é retroativa ao dia 1º de maio e, inicialmente, será aplicada nas faturas de maio e junho. A iniciativa representa economia de, em média, R$ 42 por conta. Durante a solenidade que marcou a regulamentação do benefício, o vice-governador Lincoln Tejota destacou como o Governo de Goiás tem trabalhado, desde o início do governo, por aqueles que mais precisam.

“Essa é mais uma vitória para a nossa população. O governador Ronaldo Caiado é o homem certo, na hora certa. Temos olhado pelos mais vulneráveis e, nesse momento, reforçamos isso. Levamos o alimento para quem não tem, ajudamos os trabalhadores e disponibilizamos crédito para o pequeno empresário. Atitudes como essas farão com que nosso estado saia o mais rápido possível dessa situação. E espero que nós possamos sair ainda mais fortalecidos”, ressaltou o vice-governador.

Ainda sobre a pandemia, o vice-governador agradeceu ao presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Lissauer Vieira, pelo apoio célere que a Casa tem dado aos projetos do governo. “A Assembleia tem sido parceira do governo e da população. Sem esse apoio, não conseguiríamos ter os resultados que nós estamos tendo hoje”, reconheceu.

Lincoln Tejota ainda destacou que o governo estadual deu novo significado para a palavra servir. “Tenho orgulho em fazer parte de um governo que sabe que o Estado é quem deve servir seu povo e não o contrário. Esse é um momento duro, mas de respostas Hoje, nesse momento, em que a gente vê muitos estados discutindo situações completamente alheias, Goiás está focado em reerguer nossa economia e garantir a saúde para o cidadão”, salientou.

Regionalização da saúde

Além da isenção do ICMS, o governador Ronaldo Caiado comemorou ainda os bons resultados que estão sendo colhidos na área da saúde, com a oferta de leitos em várias regiões do estado, um anseio antigo da população.

“Estamos diante de uma pandemia e conseguimos avançar naquilo que nós precisávamos, que era reestruturar a saúde, atender as pessoas necessitadas sem que elas precisassem percorrer longas distâncias. Cuidamos de todos os detalhes em tempo recorde. Graças ao apoio da sociedade e de lideranças políticas, criamos algo que dificilmente outro estado conseguiu num curto espaço de tempo como conseguimos: estrutura médica e instrumental de qualidade, dando dignidade ao cidadão que precisa de tratamento”, destacou.

Desde o início da pandemia, Goiás colocou em funcionamento os hospitais de campanha de Goiânia, Luziânia, Águas Lindas de Goiás; em parceria com o governo federal, e Porangatu, além de ter criado leitos de terapia intensiva em Trindade. Em breve, também entrarão em funcionamento as unidades de Formosa, Itumbiara e São Luís de Montes Belos. Inicialmente, os hospitais atenderão exclusivamente pacientes infectados pela Covid-19. Ao todo, serão 1500 leitos destinados ao tratamento da doença.