Vice-governador Lincoln Tejota demonstra preocupação com número de pessoas na rua 

Durante transmissão ao vivo com o governador Ronaldo Caiado, Tejota salientou intenso movimento na capital. Live foi veiculada pelo Facebook da TV Brasil Central e mediada pelo jornalista Daniel de Paula 

O vice-governador Lincoln Tejota foi recebido nesta quarta-feira, 06, pelo governador Ronaldo Caiado para participar da live diária “Goiás contra o Coronavírus”. A preocupação com o número de pessoas na rua durante o percurso do vice-governador até o Palácio das Esmeraldas, onde a transmissão é realizada, foi destaque no início da conversa. “É muito triste e preocupante ver que uma parte de nossa população não tem levado a pandemia a sério. As ruas estão cheias e, enquanto isso, pessoas sofrem no mundo inteiro com a contaminação pelo vírus e também com a perda de entes queridos”, afirmou Tejota.

Caiado também expressou preocupação diante da desobediência de muitos cidadãos em relação às medidas determinadas no último decreto e não descartou a possibilidade de adotar novamente medidas mais restritivas.  “Isso é muito sério, já estivemos entre os estados com melhores índices de isolamento social e hoje estamos entre os piores. O reflexo disso ainda veremos e será muito triste se existir em Goiânia a possibilidade de vermos e vivenciarmos o que tem acontecido em outras capitais brasileiras como por exemplo em Manaus”, avaliou.

O boletim epidemiológico desta quarta-feira informa que Goiás tem 1002 casos pacientes infectados. Como adiantou o governador, o crescimento tem sido muito rápido nos últimos dias, diante da desobediência de boa parte da população. Já são 68 municípios com casos confirmados e 46 óbitos em todo estado.

Lincoln ressaltou a importância das ações do governo estadual durante a pandemia e enalteceu o posicionamento do governador Ronaldo Caiado como médico e ser humano. “Estamos vivendo um momento atípico e difícil. Fico feliz de estar ao lado do senhor, que tem se doado por completo para resolver os anseios do povo goiano. Diante de um momento de desafio e delicado como o que nosso estado e o mundo passam, o senhor tem usado da ciência e de dados responsáveis para aplicar medidas necessárias para sobressairmos em meio a todo esse caos.", afirmou. 

Ações do governo estadual para minimizar os impactos da pandemia na vida dos goianos foram lembradas pelo governador e pelo vice-governador, como a distribuição de cestas básicas em todos os municípios, a disponibilização de R$ 500 milhões em linhas de crédito para atender pequenos e médios empresários e o pagamento do auxílio de R$ 150 para os alunos da rede estadual, além da criação de hospitais de campanha em Goiânia e no interior para atender os infectados pela doença. "Essas medidas fizeram e continuam fazendo a diferença em nossa corrida pela vida diante dessa pandemia. Quero também cumprimentar dona Gracinha Caiado, que tem feito um excelente trabalho à frente do Gabinete de Políticas Sociais para colocar comida na mesa dos cidadãos mais vulneráveis”, elogiou Tejota.

Durante o bate-papo, o vice-governador avaliou ser primordial nesse momento o governo estadual preservar a vida dos goianos e evitar o colapso do sistema de saúde. Ele disse ainda sobre o desrespeito da população em relação aos decretos e medidas determinadas pelo governador. “Quanto mais rápido passarmos por tudo isso, mais rápido teremos condições de recuperar a economia de Goiás”, destacou ele, que lembrou ainda que não há interesse do governo em manter comércios e empresas fechados, já que a arrecadação estadual também é afetada com isso e a resposta aos problemas sociais pelo governo depende desses recursos.

A solidariedade foi o assunto que encerrou a live desta quarta-feira. Lincoln foi enfático ao dizer da importância da união e da solidariedade entre toda a população. “É hora de, mais do que nunca, sermos governo e cumprirmos nossa função constitucional. Não é hora de politicagem. O que precisamos ter em mente é a necessidade de fé, união, esforço e solidariedade. Assim, poderemos sair fortalecidos dessa situação”, finalizou.

Goiás de Resultados

O programa coordenado pelo vice-governador também esteve em pauta na live. De acordo com Tejota, as ações do programa têm sido realizadas em sintonia com o resgate do compromisso do governo estadual diante dos anseios da população listados na criação do atual plano de trabalho.

Algumas ações do Goiás de Resultados estão em planejamento e outras já estão sendo executadas. Entre elas, a ressocialização dos encarcerados tem sido evidenciada nesse momento de pandemia, pois o trabalho dos presos na confecção de máscaras e jalecos tem colaborado com o governo estadual no enfrentamento da Covid-19. Os equipamentos de proteção individuais estão sendo disponibilizados para os servidores públicos da saúde e da segurança. 

 “Uma das 20 metas do programa Goiás de Resultados é ampliar as atividades de ressocialização dos apenados. Queremos que essas pessoas usem o período da Unidade Prisional para saírem da vida criminosa, aprenderem novas habilidades e, consequentemente, reduzir os índices de violência na nossa sociedade”, afirmou o vice-governador Lincoln Tejota.

De acordo com Tejota, a ressocialização é apenas uma das metas do programa que já tem em execução ações como a “Biometria Cidadã”, que visa a digitalização da emissão de documentos, e sobretudo, a construção de um banco de dados robustos que permite a operação de um sistema biométrico unificado que atenderá toda a população goiana e norteará políticas públicas mais efetivas e eficazes.