Embaixador do Azerbaijão em visita oficial ao Governo de Goiás

Missão oficial do país do leste europeu visa estreitar as relações comerciais com o Brasil e com o estado de Goiás

O vice-governador de Goiás, Lincoln Tejota, representou o governador Ronaldo Caiado nesta segunda, 02/03, na recepção ao embaixador do Azerbaijão, Elkhan Polukhov.  Em visita oficial ao Brasil, com o objetivo de estreitar as relações econômicas com nosso país, os representantes do país do leste europeu, incluem Goiás no radar do potencial para investimentos e exportações. “Temos quase a mesma quantidade de habitantes e interesse em investimentos diretos, bem como em produtos do estado de Goiás”, afirmou o embaixador.

O Governo de Goiás está redesenhando a área internacional, buscando o fortalecimento das relações bilaterais com outros estados nacionais e sub-nacionais, de olho no crescimento da balança comercial. “Nesse quesito, o Azerbaijão pode se tornar o destino de produtos de Goiás como carnes, etanol, produtos farmacêuticos, frutas e até o trigo. Goiás tem uma posição estratégica de distribuição nacional e facilidade de importação via Porto Seco de Anápolis” frisou Lincoln Tejota. O vice-governador também reforçou o interesse de Goiás em atrair investimentos diretos do país no estado.

Agenda – O embaixador Elkhan Polukhov já veio a Goiás outras seis vezes e acrescentou que considera muito boas as relações políticas de seu país com o Brasil. Mas que as parcerias no campo econômico podem melhorar e nesse aspecto, Goiás chama a atenção pela boa receptividade e potencial agrícola e farmo-químico. Ele sugeriu uma aproximação entre empresários do Azerbaijão e empresários goianos para identificação de produtos que o país tem interesse em importar. As áreas de negócios, cultura, educação e cooperação internacional estão na mira do país, que tem um elevado Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

Os principais produtos importados pelo Azerbaijão são carros, petróleo refinado, trigo, medicamentos e equipamentos de radiodifusão. O Brasil, que não está entre os principais parceiros comerciais, fornece tabaco, carnes, medicamentos, sementes e oleoginosas, e óleos essenciais e resinóides. “Nosso governo tem dado total respaldo institucional, além de manter incentivos fiscais para investidores nacionais e estrangeiros. O governador Ronaldo Caiado tem atuado para situar Goiás de acordo com todo o potencial que possui para o melhor desempenho de sua balança comercial e da boa relação com outros países”, afirmou o vice-governador.

Segundo o subsecretário de Atração de Investimentos e Negócios da Secretaria de Industria e Comércio, Adonídio Neto, Goiás pode ampliar mais a participação imediata na exportação de carnes para o Azerbaijão e ainda, estudar as demandas do país por medicamentos. “Temos o segundo pólo farmacêutico do país”. Participaram também da reunião, o assessor de Relações Internacionais  do Governo Giordano Sousa, o Superintendente de Negócios Internacionais da Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi) Edival Lourenço Jr e o gerente de Produção Sustentável e Agricultura familiar da Secretaria de Agricultura e Pecuária (Seapa), Ricardo Carneiro.

Azerbaijão- O país de 9 milhões de habitantes, de maioria mulçumana, tem a economia em franco desenvolvimento com grandes campos petrolíferos, sendo o petróleo bruto e gás de petróleo os principais produtos que exporta atualmente.