Jonas Ferreira Alves Duarte

1951 a 1954

Jonas Ferreira Alves Duarte nasceu em Cachoeiro do Itapemirim (ES) no dia 2 de outubro de 1908, filho de Alcides Alves Duarte e Alice Ferreira Duarte.

Ingressou na vida política no pleito de 1947 ao filiar-se ao Partido Social Democrático (PSD) e disputar a prefeitura de Anápolis.

Em 1950, foi eleito vice-governador do estado de Goiás, tendo substituído por três vezes (1952, 1954 e 1954-1955) o governador Pedro Ludovico Teixeira na chefia do Executivo estadual. No pleito de 1958 concorreu novamente ao cargo de prefeito de Anápolis na legenda do PSD, não conseguindo se eleger.

De 1962 a 1966, foi prefeito de Anápolis (GO). Com a extinção dos partidos políticos, por força do Ato Institucional nº 2 (27/10/1965), e com a posterior instauração do bipartidarismo, ingressou na Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido de sustentação ao regime militar vigente no país desde abril de 1964.

Com a posse de Jamel Cecílio à frente da prefeitura de Anápolis em março de 1975, Jonas Duarte ocupou o cargo de secretário municipal de Educação até 1978. No pleito de novembro desse ano, disputou uma vaga ao Senado Federal por uma sublegenda da Arena, não tendo sucesso. Após a derrota ao Senado, não mais concorreu a cargos eletivos, dedicando-se a suas atividades particulares.

Faleceu em Anápolis no dia 17 de junho de 1993.

Era casado com Luzia Silva Duarte com quem teve quatro filhos, um dos quais, Haroldo Duarte, foi deputado federal entre 1963 e 1967.

FONTES: Grande encic. Delta; INF. Haroldo Duarte.